Convite aos/às pós-graduandos/as residentes da UFSC

05/08/2020 17:34

O Sindicato dos Trabalhadores da UFSC (SINTUFSC) está iniciando uma campanha sobre os problemas com as condições de trabalho no Hospital Universitário. O sindicato já realizou uma audiência pública no dia 27/07 entre a Superintendência do HU e a Reitoria, cobrando que a gestão administrativa deixe de agir com irresponsabilidade frente às demandas de trabalhadores/as que são hoje linha de frente no combate à Covid-19, e seguirá pressionando a reitoria por medidas efetivas.

A APG-UFSC participou da audiência e está do lado dos/as STAEs e dos/as residentes. Na condição de pós-graduandos/as, os/as residentes também estão sofrendo com problemas semelhantes, já relatados em reuniões abertas chamadas pelo SINTUFSC.

Como o SINTUFSC só pode representar os trabalhadores da UFSC, e não os/as residentes, a APG-UFSC gostaria de promover espaços que permitam melhor compreender as necessidades da categoria, respeitando sempre os demais espaços por eles/as construídos e, na medida do possível, trabalhando para melhor envolver os/as residentes nas deliberações que muito lhes dizem respeito.

Como não há ninguém melhor que os/as próprios/as residentes para saber de suas condições de trabalho e das mudanças que se fazem mais urgentes, queremos convidar todos/as os/as residentes da UFSC a participarem de uma reunião aberta em que possamos dividir experiências sobre as condições de trabalho no HU e demais espaços, como Unidades Básicas de Saúde, tratar da descaracterização da residência e das reivindicações mais pungentes. Assim, fortaleceremos tanto a representação da categoria quanto os laços entre ela e sua entidade local, a APG-UFSC.

Sabemos da atual e intensa demanda de trabalho dos/as colegas residentes, de modo que é difícil acertarmos na melhor data e horário para esse encontro. Mesmo assim, gostaríamos de convidá-los/as a se reunirem conosco e com os/as demais colegas no dia 13 de Agosto de 2020, às 19h00, neste link.

Contamos com a presença necessária e fundamental de cada um de vocês e esperamos contribuir neste momento complicado.

Lives APGs Sul: Residentes e saúde | 20/07 (Segunda) às 18h

16/07/2020 21:12

Na próxima segunda-feira, dia 20/07, teremos mais uma live elaborada pelas APGs do Sul, com transmissão na página da APG – UFSM. Desta vez o tema será ‘Residentes e Saúde’, trazendo importantes questões sobre esta categoria que está junto dos demais trabalhadores da saúde e assistência social, cumprindo papel central no combate à Covid-19.

O tema é crucial, pois a pandemia segue firme no Brasil e os residentes continuam enfrentando dificuldades históricas da categoria, como a sobrecarga, a falta de direitos trabalhistas, atrasos de bolsas, e assim por diante.

As lives das APGs do Sul sempre contam com um debate após as exposições iniciais. Participe!

APG debate ensino remoto com pós-graduandos

25/06/2020 21:27

No último dia 23 de junho, a Associação de Pós-Graduandos da UFSC proporcionou um espaço aberto com toda a categoria para discutirmos juntos os rumos da pós-graduação na pandemia e a questão do ensino remoto na UFSC. O objetivo foi possibilitar o diálogo entre pós-graduandos através de um canal direto que permitisse à APG repassar a situação dos espaços institucionais deliberativos sobre o tema e, além disso, ouvir as contribuições e acúmulos de discussões dos pós-graduandos em seus Programas de Pós-Graduação.

O espaço foi dividido em quatro momentos: (a) repasse da APG acerca dos debates que ocorreram na Câmara de Pós-Graduação (CPG), no Conselho Universitário e nas comissões do Comitê de Combate à COVID-19; (b) apresentação de uma análise da APG acerca dos dados apresentados no Diagnóstico Institucional da UFSC; (c) repasse dos Representantes Discentes acerca dos debates promovidos em seus respectivos PPGs; e, por fim, (d) debate sobre o tema aberto a todos.

A necessidade e a importância de termos convocado um espaço como o que agora relatamos se apresentam evidentes ao verificarmos o número de participantes: a sala online de 75 lugares lotou nos primeiros minutos, demandando a transmissão ao vivo do debate, com média de aproximadamente 91 acessos simultâneos. No total, houve mais de 800 acessos!

As manifestações dos estudantes, parte mais importante desse espaço, tornaram claras algumas das aflições e preocupações que atingem os pós-graduandos. Além de posicionamentos que cobraram uma relação mais próxima entre a APG e a Representação Discente, bem como uma maior realização de amplos debates sobre temas essenciais da Universidade, a maior preocupação foi com o retorno às aulas por vias remotas durante a pandemia.

Por um lado, uma parcela dos pós-graduandos manifestou grande interesse pelo retorno remoto das aulas. As razões que fundamentam esse interesse são principalmente a pressão dos prazos acadêmicos, a ausência de garantias de prorrogação das bolsas – que há tempos assumem o caráter de salário para os pós-graduandos – pelo tempo necessário e a ausência de perspectivas de retorno das aulas presenciais em meio à pandemia, o que gera nos estudantes a sensação de tempo perdido. Há um atraso na conquista do diploma, o qual para uma parcela dos estudantes poderia contribuir na aquisição de um emprego e na garantia mínima de ascensão social, num mercado de trabalho cada vez mais competitivo. Nos cursos com maiores demandas de atividades laboratoriais e de campo, esta dificuldade se acentua, havendo inclusive relatos de discentes que persistem em suas atividades presenciais na UFSC mesmo quando estas não são consideradas essenciais e/ou de combate à pandemia (o que contraria as portarias publicadas pela reitoria), em parte pressionados pelos fatores supracitados, em parte pela pressão de seus orientadores.

Muitas estudantes, por outro lado, trouxeram a grande preocupação com a forma de ensino que será efetivada (mesmo que temporariamente) a partir do retorno por vias remotas. Nesse sentido, as manifestações se preocupavam principalmente com as condições de acesso, já que muitos discentes, e até mesmo docentes, não possuem equipamentos tecnológicos e internet; algumas possuem acesso com condição precária, não havendo até o momento quaisquer garantias concretas de que estas condições serão remediadas pela universidade. Em casos em que as estudantes têm acesso a uma boa conexão de rede, nem sempre há um local adequado em casa para estudos, visto que nem todas as pós-graduandas e pós-graduandos possuem espaço particular e ergonômico, o que também afeta o rendimento nas aulas e a saúde mental dessa parcela da categoria. Analisar a partir desses argumentos é olhar também como o ensino remoto reforça a exclusão dos grupos tradicionalmente marginalizados na sociedade, pobres, negras, indígenas, quilombolas e pessoas trans, uma atenção fundamental e que foi muito destacada durante a reunião. Ainda há pós-graduandas e pós-graduandos com excessiva carga de trabalhos domésticos nesse momento de pandemia e acabariam sendo extremamente prejudicadas pelo retorno via ensino remoto, como mães e pais que nesse momento seguem com os filhos em casa; trabalhadoras e trabalhadores com atividade remota, como professoras da rede pública; e pessoas cuidando de familiares que fazem parte de grupos de risco ou mesmo que contraíram COVID-19.”

A peculiaridade do ensino remoto também preocupa pelo empobrecimento da interação nos espaços de debate e da sociabilidade necessária ao processo de ensino-aprendizagem. Para além destas questões, preocupam também os impactos de médio e longo prazo, dada a abertura de precedente para implantação do ensino remoto no pós-pandemia, acentuada pela crise orçamentária da universidade e pela crise política do país, o que pode reforçar a mercantilização e a privatização da educação pública.

As ações da UFSC na pandemia, incluindo o ensino remoto, continuarão sendo debatidas pela comunidade universitária. Nesta sexta-feira (26), haverá reunião do Conselho Universitário para apreciação do relatório e das propostas do Comitê de Combate à Covid-19 [1], na qual a APG estará participando com seus representantes.

Assim, com o intuito de aumentar a participação dos estudantes da pós-graduação da UFSC nesse debate, a APG os convida a participar da próxima reunião da gestão, que é aberta e ocorrerá na próxima terça-feira, dia 30/06, às 09:30h, por meio digital. Pedimos que os interessados entrem em contato pelo e-mail <apgufsc@gmail.com> para repassarmos o link da reunião.

Gestão Assum Preto

[1] https://noticias.ufsc.br/2020/06/conselho-universitario-debate-relatorio-final-do-comite-de-combate-a-covid-19-nesta-sexta-26/

Tags: covidcovid-19debateEADensino remotogestãopandemia

Ensino remoto e os rumos da pós-graduação na UFSC em tempos de Covid-19

18/06/2020 18:35

A Associação de Pós-Graduandas e Pós-Graduandos da UFSC (APG-UFSC) convida todas e todos a participarem de um espaço aberto virtual para debater o ensino remoto na UFSC, principalmente na pós-graduação, no dia 23 de junho às 19h. Com a criação de um comitê para pensar as ações da universidade em tempos de COVID-19, muitas propostas surgiram sobre quais rumos devemos tomar e inclusive qual a real função da universidade pública. Além disso, enfrentamos também a falta de diálogo nos orgãos colegiados, como a “passada de boiada” do ensino remoto que rolou na Câmara de Pós-Graduação (CPG). Reafirmamos que não é possível construir uma saída para o ensino nesse contexto sem levar em conta a categoria estudantil e as dificuldades que enfrentamos. É necessário que as e os estudantes tenham suas demandas escutadas, bem como façam parte de um debate que afeta diretamente a nossa produção acadêmica e também nossa saúde mental. Assim, com um espaço aberto, a gestão Assum Preto da APG tenta ir além dos formulários e construir com estudantes, representantes discentes e coletivos estudantis como agiremos nesse momento, sem deixar nenhum e nenhuma estudante pra trás.

Nosso encontro acontecerá na plataforma institucional “Web Conferência”. Para acessar, basta entrar no link (https://bit.ly/debateapgufsc) próximo ao horário da atividade. Você pode conferir as dicas mais detalhadas de como acessar a plataforma neste vídeo (https://bit.ly/3hNyByD) que foi feito para orientar os conselheiros da UFSC quando a utilizam.

Esperamos as pós-graduandas e pós-graduandos lá! Por um ensino que não deixe nenhuma e nenhum estudante pra trás!

Tags: covidcovid-19CPGCPG UFSCdebatedemocracia universitáriaEADensino remotopandemia

Bate-papo sobre os cortes da Capes | Segunda-feira, 20/04 | 19h

18/04/2020 14:57

Em meio à pandemia, os estudantes de pós-graduação receberam a notícia da Portaria Nº 34 da CAPES, que opera aumentando os tetos para cortes instituídos pelas portarias Nº 18-21, a partir das quais se instituiu um novo modelo de distribuição de bolsas sem qualquer diálogo com a comunidade brasileira de pesquisadores e cientistas.

Muitas são as dúvidas que surgiram a partir disso, especialmente porque a CAPES não apresenta qualquer tipo de transparência acerca dos impactos reais das medidas. Pelo contrário, a CAPES e o ministro da educação Abraham Weintraub apresentam mentiras escandalosas, tal como a alegação de estarem promovendo um suposto aumento no número de bolsas.

Por este motivo, a APG UFSC realizará um bate-papo na próxima segunda-feira (20) para apresentar os principais aspectos dos cortes e das portarias, bem como responder dúvidas e estabelecer um debate com os pós-graduandos acerca do tema. Com isso, buscamos dar continuidade às ações que demandam a revogação dessas portarias e a melhoria das condições de estudo e trabalho na pós-graduação brasileira.

O bate-papo acontecerá às 19h pela plataforma Discord. Basta criar rapidamente uma conta e acessar o link (discord.gg/Scjrc7B) para que você entre no servidor da APG. Com a conta criada, o link pode ser acessado diretamente através do navegador ou pela instalação do Discord em seu computador/smartphone.

Nos encontramos lá!

Ajudando outras/os pós-graduandas/os na quarentena

06/04/2020 18:14

No formulário que a APG-UFSC lançou sobre a situação dos/as pós-graduandos/as em quarentena, mais de 900 pessoas disseram que estariam dispostas a contribuir com algo através da internet.

Há, de fato, muito que você pode fazer para ajudar sem sair de casa!

Convivência, jogos, conversa

A grande maioria das/os colegas que responderam o formulário disseram que gostariam de conversar com outras pessoas – e mais de 200 dizem que, por estarem completamente sozinhos/as nesta quarentena, sentem muita falta desse contato.

Você pode ser a/o anfitriã/o de uma reunião virtual pra discutir algum tema leve (pra tirar a cabeça dessa loucura toda), ou marcar uma sessão pra cozinhar uma mesma receita no almoço junto com outras pessoas, ou mesmo organizar um torneio de algum jogo online! A APG pretende divulgar e incentivar essas iniciativas para que possamos nos divertir e criar laços nesse momento.

Como participar?

▸ Entre no nosso servidor no Discord!
▸ É fácil. Se você ainda não tem o Discord instalado, baixe-o aqui.
▸ Junte-se ao servidor clicando no link: discord.gg/Scjrc7B

Artes, informação, divulgação

Você pode fazer nossas mensagens chegarem mais longe? Traduz, desenha, usa programas gráficos ou têm conhecimento técnico pra atacar a desinformação que a gente vê por aí? Ótimo! Se a APG tiver demandas desse tipo, vamos entrar em contato com os participantes do grupo no Discord. Para além de conhecer outras pós-graduandas/os e se divertir, você poderá também ajudar a difundir informações úteis melhor e mais depressa!

Vem com a gente – todo mundo pode fazer a diferença!

Semana de Recepção da Pós-Graduação 2020.1

02/03/2020 22:57

Bem-vindas, pós-graduandas e pós-graduandos da UFSC!

O ano começou quente na UFSC, com uma série de ataques do governo ao nosso orçamento, autonomia, ao caráter público da universidade e às condições de trabalho e estudo aqui dentro. No entanto, nos últimos anos viemos mostrando cada vez mais organização estudantil e força em nossas lutas – e esse ano vai ser ainda maior! Por isso, a Associação de Pós-Graduandas(os) preparou uma semana estendida de recepção do semestre, para quem chega agora na UFSC e quem está voltando para o semestre.

Confira abaixo as atividades, divulgue e compareça!

09/03, 12h, Centro de Convivência | Panfletagem na fila do RU e sede aberta com café
09/03, 17h, Largo da Alfândega | Ato do 8M no TICEN (+ atividades desde às 12h)

10/03, 12h, Centro de Convivência | Panfletagem na fila do RU e sede aberta com café
10/03, 19h, Galeria de Arte do Centro de Convivência | Cine-pós: “Parasita” (+ debate)


11/03, 19h, Auditório do EFI | Aula Magna: Cadê o dinheiro que tava aqui? Orçamento para educação pública em 2020

12/03, 19h, Centro de Convivência | Bar da Pós

16/03, 12h, Centro de Convivência | Assembleia da Pós, pauta “paralisação nacional do serviço público 18/03”


17/03, 14 às 20h, Centro de Convivência | Confecção de cartazes e materiais


17/03, 16h, Centro de Convivência | Prosa com café: “A histórica greve da pós UFSC de 2019: eu estava lá”


18/03 | Paralisação nacional do serviço público

8 de agosto, às 12h no Centro de Convivência: Assembleia da Pós-Graduação

07/08/2019 13:09

FUTURE-SE: SUCATEIA-SE, DESMONTA-SE, LUCRA-SE!

No último mês, o governo Bolsonaro lançou mais uma das suas investidas contra a universidade pública: o Future-se. Um programa cujo objetivo central é justamente privar a classe trabalhadora de um futuro na educação, colocando as universidades inteiramente a serviço do mercado e da burguesia. Esse projeto é mais uma parte da guerra de classes que está colocada contra o povo, onde o governo se mostra completamente submisso à classe dominante e aos interesses imperalistas.

Em um país marcado por estruturas de desigualdade, a universidade pública foi sucateada em um processo de destruição por governos que investiram, por todas as últimas décadas, a maior parte do dinheiro público nos grandes monopólios de educação e instituições privadas. No caso do Future-se, o nome bonito, a inspiração em modelos estrangeiros e a propaganda são mecanismos para esconder um projeto com fins privatistas, que visa transformar nossa educação e produção de conhecimento em lucro de curto prazo.

Com esse programa, a Pós-Graduação se defronta com um ataque direto à sua existência como conhecemos. Mais cortes de bolsas, pagamento de mensalidades e o desmonte do sistema público da pós no Brasil. Se hoje enfrentamos o sucateamento das nossas condições de pesquisa, o Future-se ampliará o problema, condicionando (ainda mais) nossas pesquisas a interesses privados e limitando (ainda mais!) o acesso à pós-graduação.

O Future-se é a cara do governo Bolsonaro. O Future-se é a Reforma Universitária, que assim como a Reforma da Previdência e a Reforma Tributária que já está a caminho, vem para aprofundar a miséria e a super-exploração da classe trabalhadora. É momento de avançar em radicalidade e luta contra o inimigo, que não hesita em destruir nossas possibilidades de futuro para lucrar com elas. É apenas com a luta junto a toda a classe trabalhadora, da qual nós, estudantes, também somos parte, que temos a chance de construir uma saída real para esse caos. Construir o enfrentamento a esses ataques e, também, um horizonte comum de educação pública e popular, a universidade necessária com a cara e os anseios de nosso povo.

Só a luta muda a vida!

Assim a APG convida todos os pós-graduandos e pós-graduandas para a ASSEMBLEIA DA PÓS-GRADUAÇÃO

Dia: 08/08
Horário: 12h
Local: Hall do Centro de Convivência

Arraiá da Pós – Dia 27 às 19:30 no Centro de Convivência!

20/06/2019 18:40

Arraiá da Pós: A arte e a cultura, a música e a dança constroem, popularizam e perpetuam os símbolos da luta política de cada tempo. Após essa primeira jornada de lutas de 2019, convidamos a comunidade universitária de luta novamente a se juntar, dessa vez para celebrar uma das mais importantes festas populares da nossa cultura, o São João, e fazer um arrastapé pra lá de arretado, embalado por músicas de resistência de artistas do nosso Sul global que inspiram a luta das trabalhadoras e trabalhadores do Brasil e da América Latina.

Venha dançar muito forró, baião, cumbia, samba e mais nesse arrastapé de luta da APG!!

Data: 27/06/19

Horário: 19:30

Local: Centro de Convivência

Acompanhe também no evento no Facebook