Repasse da reunião de articulação da Pós-Graduação por bolsas (24/05)

22/06/2021 21:29

Após a intervenção realizada no dia 15/05, os pós-graduandos debateram sobre este ser um primeiro momento de dar visibilidade física para a questão das bolsas na pós-graduação e dos cortes na Universidade.

Além disso, também foi reforçada a participação no ato do dia 29/05, para somar na pauta da educação conjuntamente ao chamado principal.

Foi avaliada na reunião a necessidade de fazer caminhar tarefas nos GTs de levantamento e agitação, como a divulgação dos dados do formulário respondido pelos estudantes de pós sobre a falta de bolsas e vídeos de relatos de estudantes dos programas em que estamos inseridos sobre como os cortes estão prejudicando nossa formação como pesquisadores e fazer contato com os programas nos quais ainda não estamos inseridos.

As tarefas têm o sentido de ajudar a criar um clima de mobilização e organização que parta desde os programas, para que possamos nos fortalecer e ter como horizonte alguma ação efetivamente incisiva, que coloque em questão o fato de seguirmos produzindo sem verbas, como por exemplo, paralisações de atividades.

Acompanhe os relatos divulgados pelo instagram da entidade:

https://www.instagram.com/apgufsc/

Repasse da terceira reunião da articulação de pós-graduandos na luta por bolsas na UFSC: ato do dia 15/05

10/06/2021 18:13

Na terceira reunião do grupo de pós-graduandos realizada dia 29/04, às 19h, foram feitos repasses sobre os trabalhos dos três GTS em atividade: de levantamento de dados, manifesto e agitação.

Os discentes discutiram sobre começar a conversar com os colegas dos programas, de produzir articulações e ações nos programas em que estamos presentes.

Desta reunião, surgiu a proposta de intervenção na UFSC, denunciando a situação das bolsas na pós-graduação e situação orçamentária da universidade.

O ato ocorreu no sábado, dia 15/05, na UFSC. Os estudantes pintaram algumas faixas e às 12h o ato saiu em direção à Trindade para exibição dos materiais produzidos e para convidar para a mobilização nacional no dia 29/04.

Algumas fotos deste dia você pode acompanhar logo abaixo:

estudantes confeccionando as faixas

 

foto de uma das faixas produzidas com os dizeres “não aos cortes Pós UFSC em luta!”

 

foto com os pós-graduandos segurando as faixas produzidas para o ato em direção à rótula

A APG-UFSC agradece a insubstituível presença de todos os(as) colegas pós-graduandos(as) e conta com a firme presença de todos nessa articulação por bolsas!

Qualquer dúvida, entrem em contato pelas redes ou pelo e-mail.

HOJE: Reunião ampliada pós por bolsas UFSC!

13/05/2021 11:45

Essa semana as reitorias das universidades federais estão vindo a público declarar que não podem continuar funcionando com o orçamento que está sendo disponibilizado até então. As bolsas de pós-graduação compõem esse cenário de estrangulamento de recursos que leva ao fim das universidades públicas. A luta pelas bolsas não está desvinculada da luta pela recomposição do orçamento das universidades!

Na UFSC já estamos nos movimentando e na reunião de hoje daremos repasses sobre a reunião que realizamos com a propg sobre o total de bolsas disponíveis no momento. Alguns programas também estão se reunindo para pensar como podem contribuir com essa mobilização. Tragam suas questões para a reunião de hoje para somar com a gente!

Estamos programando também para os próximos dias uma intervenção na UFSC para chamar atenção para este cenário.

Junte-se a nós para lutar pela produção científica nacional e pelas universidades públicas!

Nossa reunião é hoje, 13/05! Nos vemos às 19h, neste link.

Próxima reunião ampliada da pós UFSC na luta por bolsas e remuneração!

28/04/2021 22:29

29/04 (quinta), às 19 horas.

Link para a reunião: https://meet.jit.si/APGUFSC-29-04-2021-1900-EXTRA-BOLSAS

A articulação criada nas últimas semanas para lidar com a luta contra os cortes de bolsas de pós-graduação se reunirá nesta quinta, 29/04, às 19h, para discutir o andamento dos trabalhos dos GTs e os próximos passos. Todas e todos com interesse em se somar à luta estão convidadas/os – há muita luta pela frente!

Saiba mais sobre a articulação:

Repasse da primeira reunião
Repasse da segunda reunião
Manifesto aos discentes, docentes e TAEs por bolsas de pesquisa na pós-graduação da UFSC

Manifesto aos discentes, docentes e TAEs por bolsas de pesquisa na pós-graduação da UFSC

26/04/2021 09:21

Abril, 2021.

Endereçamos este manifesto a todas as categorias de trabalhadores da universidade que estão implicadas no compromisso pelo desenvolvimento de pesquisa científica. Nosso objetivo não poderia ser outro senão fazer com que a UFSC se levante contra a precarização que atinge massivamente o investimento em pesquisa, perturbando as já precárias condições materiais a que se submetem aqueles que desejam cursar uma pós-graduação pública.

Frente ao grande desmonte do financiamento em educação e pesquisa no Brasil, os estudantes de pós-graduação da UFSC estão se reunindo para discutir a situação atual dos Programas de Pós-Graduação de nossa universidade. A articulação iniciada e organizada pela Associação de Pós-Graduandos da UFSC (APG) tem realizado reuniões para debater o enorme vácuo de bolsas de fomento em nossos mais diversos cursos de pós-graduação e elaborar as ações iniciais dessa luta.

Não queremos mais que a universidade tenha uma direção omissa e complacente com a destruição da universidade e do fazer científico! Acreditamos que a política de investimento em pesquisa e ciência é um elemento basilar para a Universidade Pública e função social do Estado, e que em virtude disso aquela deve promover um desenvolvimento científico ligado às necessidades e dilemas da população brasileira. É por essa razão que as pesquisas desenvolvidas nas universidades públicas devem interessar a todos, sejam ou não membros da comunidade acadêmica.

Os cortes de bolsas e outras verbas das Universidades Públicas ocorrem há muitos anos e vem aumentando progressivamente. No início de 2020, a CAPES definiu um novo critério para distribuição de bolsas de pós-graduação. Na prática, essa mudança significou um corte drástico para a maioria das universidades brasileiras – somente na UFSC foram cortadas mais de 600 bolsas. Como sabemos, mesmo a totalidade desses cortes não veio de maneira imediata: parte das bolsas foram transformadas em “bolsas emergenciais” e mantidas até o final do ciclo daqueles bolsistas. Conforme as defesas dos respectivos trabalhos de conclusão foram acontecendo (algumas ainda por acontecer), as bolsas foram e serão extintas. O modelo de corte se apresentou como um dos fatores decisivos para a dificuldade generalizada de mobilização, dentro e fora da categoria, já que as primeiras turmas diretamente afetadas por eles só ingressariam mais tarde na pós-graduação.

Além disso, ainda em 2020, um levantamento feito pela APG mostrou que a UFSC vem sofrendo cortes de bolsas também do CNPq. Muito embora existam outros programas de fomento científico, tais programas são insuficientes, pouco transparentes e, em geral, de cunho privado.

Soma-se a isso o fato de que o último reajuste das bolsas de pós-graduação ocorreu em abril de 2013, desde então o valor das bolsas de mestrado é de R$1500 e das bolsas de doutorado R$2200. Desde 2013, a inflação corroeu cerca de 35% do valor dessas bolsas, corrigido pelo IPCA. Em preços de 2013, o valor da bolsa de mestrado seria hoje cerca de R$970, enquanto o da bolsa de doutorado seria cerca de R$1400 – valores que dificilmente dão conta das necessidades básicas do estudante, como aluguel, alimentação, transporte, livros, etc.

Na ausência de fomento consistente à produção científica, os estudantes, quando não desistem dos programas, precisam trabalhar e estudar ao mesmo tempo. Como consequência, este pesquisador deixa de dedicar horas para o desenvolvimento da sua pesquisa para se dedicar a trabalhos que, algumas vezes, não possuem sequer relação com a área de conhecimento na qual está inserido.

Ainda que nós sejamos os primeiros – ou, junto da graduação, os mais vulneráveis – a sentirem os efeitos imediatos da retirada massiva de fomento à pesquisa acadêmica, tendo de realizar toda a pesquisa enquanto concilia com um trabalho precário e fora da universidade (quando não desistindo de continuá-la por completa falta de condições materiais), sabemos que essa pauta não diz respeito apenas ao conjunto da universidade – discentes, docentes e técnicos administrativos – mas sim toda a sociedade.

Portanto, convidamos todos os pós-graduandos a participarem conosco nessa articulação, colocando-se um a um – mas juntos – às tarefas que a realidade nos impõe! Para além de uma articulação de pós-graduandos, faz-se urgente que também nossos orientadores, colegiados e coordenadores de Programas discutam o tema e tomem parte do processo. No que diz respeito à instituição, é necessário que os quadros dirigentes da administração da UFSC façam pressão em conjunto com outras Universidades Públicas e no âmbito dos fóruns entre dirigentes dessas universidades. Convocamos os docentes e as instâncias de representação máxima desta instituição, a Reitoria da Universidade e a Pró-Reitoria de Pós-Graduação, a disputarem conosco pelas bolsas. É preciso não adotar mais uma vez a política de gerenciamento de migalhas, mas, ao contrário, fazer esforços efetivos, com cobranças aos ministérios da Educação e da Ciência e Tecnologia, para reconstituição e aumento do financiamento à pesquisa nas Universidades Públicas.

Nossa próxima reunião está agendada para quinta-feira, dia 29 de abril, às 19h. O link para participação está sendo divulgado pela Associação de Pós-Graduandos da UFSC. Convidamos a Pós-graduação, não só a participar dos espaços promovidos pela APG, mas também a construir a luta em seus Programas e em seus cursos.

Converse com seus colegas de Programa, com os representantes discentes dos colegiados e centros de ensino, e vamos construir uma mobilização em nossa universidade pela manutenção da qualidade de nossas pesquisas!

Articulação de Pós-Graduandos na Luta por Bolsas
Associação de Pós-Graduandos | Universidade Federal de Santa Catarina

Repasse da segunda reunião da articulação de pós-graduandos na luta por bolsas na UFSC: Criação de grupos de trabalho e mais! Participe!

20/04/2021 15:46

Há duas semanas, por convocação da APG-UFSC, uma articulação de pós-graduandos na luta por bolsas foi formada na UFSC para reunir esforços em torno do mapeamento da atual situação de bolsas na universidade.

Na segunda reunião do grupo de pós-graduandos, realizada na última quinta-feira (15/04, às 19h), qualificamos os passos iniciais desse esforço. Juntos, a articulação de pós-graduandos deverá levantar o quantitativo de bolsas em cada Programa de Pós-Graduação, as fontes de fomento, os tipos de cota dessas bolsas e, muito importante, a quantidade de discentes sem bolsa que precisariam de remuneração para seguir adiante sua formação. Além disso, a articulação entrará em contato com discentes de diferentes cursos para fomentar as articulações internas e a necessária pressão nos colegiados para que todas as informações sobre bolsas sejam divulgadas e as reuniões discentes aconteçam.

Todos esses objetivos foram firmados na delimitação das tarefas fundamentais e na divisão do trabalho. Consequentemente, quatro GTs foram formados. Informações sobre os GTs e as tarefas a eles incumbidas constam na relatoria da reunião. Acesse a ata completa aqui.

Se você é pós-graduando(a) e quer ajudar no levantamento conjunto desses dados e na agitação em torno deles, entre em contato com a APG para fazer parte do grupo no WhatsApp e, no grupo, disponha-se a participar de algum grupo de trabalho.

Cada GT executará suas tarefas ao longo das próximas duas semanas e toda a articulação voltará a se encontrar em reunião virtual no dia 29/04/2021 (quinta-feira), às 19h.

A APG-UFSC agradece a insubstituível presença de todos os(as) colegas pós-graduandos(as) e conta com a firme presença de todos nessa articulação por bolsas!

Qualquer dúvida, entrem em contato pelas redes ou pelo e-mail.

Live N’aya: Trajetória das Políticas de Ações Afirmativas na UFSC

16/04/2021 19:39

A APG UFSC apoia e divulga abaixo a live organizada pelo Núcleo Aya (N’Aya).

Nós, Núcleo Aya (N’Aya) forjado no âmago dos movimentos sociais de Travestis, Transexuais, Transmasculines e Não-bináries do Sul Global, “consideramos nosso núcleo um locus de intelectualidades, sabedorias e experiências travestis e trans no âmbito da Universidade Federal de Santa Catarina com legitimidade de atuação dentro e fora da instituição, com caráter de produção, multiplicação e reflexão de pesquisas e ativismos” (trecho da Carta de Princípios do NAya).

Neste sentido, propomos a Live de Abertura do Canal do Núcleo Aya (N’Aya), intitulada: Trajetória das Políticas de Ações Afirmativas na UFSC, assim, será apresentada os contextos que nos levaram e nos leva ao que temos hoje como políticas de acesso e permanência na nossa instituição. Para narrar os processos e caminhos e perspectivas convidamos a Profa. Dra. Joana Célia dos Passos (UFSC), Profe. Marcelo Tragtenberg (UFSC), a Profa. Maristela Campos (Colégio Aplicação da UFSC), a Militante do MNU-SC Vanda Pinedo Gomes Pinedo. Esta conversa será mediada por Izzie Madalena Santos Amancio, uma das fundadora do Núcleo Aya (N’Aya), integrante do Núcleo Vida e Cuidado (NUVIC-PPGE-UFSC) e também contará com uma apresentação artística da Mirê Sanchez Chagas integrante do N’Aya e Militante do Coletivo Negro Magali da Silva Almeida.

A live de abertura é uma atividade aberta ao público, será no dia 19 de abril de 2021, às 16:30. Link do canal do youtube do Núcleo Aya: https://www.youtube.com/channel/UC1b7gWL2WAylsfBQDbFm5pw.

Mais informações
Facebook: https://www.facebook.com/Naya-aquilombamento-de-intelectualidades-afrotranscentradas-100880231845271 Instagram: https://www.instagram.com/comunica.naya/?hl=pt-br

Tags: ações afirmativasAyacotasliveN'aya

Repasse da reunião ampliada sobre cortes de bolsas na pós-graduação UFSC

11/04/2021 21:22

Na última quinta-feira (08/04), às 19h, a Associação de Pós-Graduandos/as da UFSC reuniu-se com a categoria para discutir a atual situação de cortes de bolsas na UFSC. Diante de inúmeros relatos de turmas inteiras que entraram e entrarão sem remuneração (bolsa) e, portanto, desenvolverão o trabalho científico sem nada receber pelo dispêndio de tempo e energia, os/as pós-graduandos/as encaminharam a criação de uma articulação de luta pelas bolsas na UFSC.

Entre as proposições levantadas ao longo do debate, que contou com a presença de 80 pós-graduandos(as) dos mais diversos Programas de Pós-Graduação (PPGs) da universidade, constava a necessidade de estabelecermos um canal de comunicação entre os colegas interessados a fim de pensarmos conjuntamente os próximos passos dessa articulação, o levantamento local dos cortes de bolsas na pós-graduação, a exigência de posicionamentos mais firmes dos PPGs e, da parte deles, a liberação de informações que desde sempre permanecem sob a falta de transparência das Coordenadorias e da Pró-Reitoria de Pós-Graduação da UFSC.

Ao fim do encontro, foi tirada uma próxima data para a segunda reunião ampliada entre pós-graduandos, na qual se pensará precisamente a execução dos encaminhamentos levantados no primeiro encontro – o corpo de ações que deve encadear a luta local da categoria.

Quando: 15/Abril/2021.
Que horas: 19h.
Onde: tinyurl.com/posUFSC1504bolsas

Acesse a ata completa da reunião ampliada aqui.

A APG-UFSC agradece a insubstituível presença de todos os/as colegas pós-graduandos/as e conta com a firme presença de todos na próxima reunião! Qualquer dúvida, entrem em contato pelas redes ou pelo e-mail.

REUNIÃO AMPLIADA DA PÓS-GRADUAÇÃO UFSC: Cortes de bolsas | 08/04, 19h

06/04/2021 18:59

Somente em 2019, mais de 12 mil bolsas de mestrado e doutorado foram <extintas>. No ano pandêmico de 2020, enquanto a taxa de informalidade passava de 38% e a taxa média de desemprego superava os 13%, o governo Bolsonaro ainda cortou 87% do orçamento do CNPq e 50% do orçamento da CAPES previstos para 2020, jogando milhões de trabalhadores brasileiros em piores condições de instabilidade alimentar, de moradia e de vida, e inviabilizando uma série de pesquisas científicas necessárias para superarmos o caos no qual o Brasil se vê imerso. Mas os cortes de bolsas não são de agora: desde 2015, o valor total de bolsas da CAPES vem diminuindo a cada ano. Em 2021, o que fazer?

📌 A APG-UFSC convoca todos os pós-graduandos (bolsistas ou não) para REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA e AMPLIADA, com chamado para vários grupos de bolsistas (CAPES, CNPq, FAPESC, UniEdu, entre outros), a fim de discutirmos esse cenário e definirmos conjuntamente um corpo de ações articuladas para adequada disputa pela manutenção de nossas condições de remuneração e trabalho.

É necessário neste momento que os pós-graduandos combatam a própria apatia e, organizados coletivamente, façam a necessária reflexão sobre os rumos do fomento à pesquisa no Brasil e as alternativas sobre o que fazer e como fazer. Sem esses esforços, somente nos restará ficarmos resignadamente imersos na desoladora realidade brasileira – repleta de insegurança, falta de renda, miséria e desemprego.

Se você também deseja participar da reunião, preencha o rápido formulário em <https://abre.ai/reu-apg-bolsas> e receberá o endereço de acesso.

Contamos com a presença de vocês, bolsistas e não bolsistas, pós-graduandos(as) da UFSC!

Tags: Bolsascorte de bolsasreuniãoreunião ampliada

Reunião de planejamento APG-UFSC 2021

09/02/2021 14:02

Em um ano de massivos cortes de bolsas, desinvestimento das universidades públicas e distantes ainda da vacinação em massa contra a covid-19, os problemas para os estudantes são ainda maiores. Para os pós-graduandos, com um mercado de trabalho saturado de mão de obra qualificada e escassez de concursos, o futuro se apresenta frio e desolador. Diante disso, temos de fazer a necessária reflexão sobre o provável rumo que o Brasil tomará neste ano e, com base nela, bem como reunidos com todos os colegas pós-graduandos capazes de não se resignarem ou se absterem neste momento tão dramático, formularmos o que fazer.

É chegado o momento em que quaisquer eventuais saídas individuais já não se encontram entre nossas melhores e mais razoáveis escolhas, restando aos estudantes uma determinada vontade de compreensão do estado de coisas em que se encontra a universidade, o país e a sociedade como um todo. A partir daí, e apenas dessa forma, colocar em exercício uma resoluta vontade de articulação coletiva, refletidamente crítica e de classe, para finalmente subverter a ordem que hoje nos conduz à desoladora realidade brasileira – repleta de insegurança, miséria e desemprego.

Com isso em mente, convidamos e desejamos a presença de todos os colegas pós-graduandos na REUNIÃO DE PLANEJAMENTO da Associação de Pós-Graduandos da UFSC para o ano de 2021, marcada para a próxima sexta-feira (12/02), às 9h. O encontro será online e para participar basta solicitar o link via redes da APG ou e-mail <apgufsc@gmail.com>.

CONTAMOS COM SUA PRESENÇA!