Vitória: Pós-Graduação em Engenharia de Sistemas Eletrônicos adota Ações Afirmativas

29/12/2017 14:00

No último edital de seleção para Mestrado, o Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Sistemas Eletrônicos da UFSC, em Joinville, incluiu uma política de Ações Afirmativas para o ingresso de estudantes negras, negros e/ou indígenas. Com isso, o PPGESE se uniu a diversos programas em todo o país, incluindo o Programa de Antropologia Social da UFSC, que já possuía ações afirmativas. Enquanto isso, mais programas na UFSC debatem o tema nesse momento e planejam a adoção nos próximos editais.

Nós, da Associação de Pós-Graduandos (APG-UFSC), saudamos os programas de Antropologia Social e Engenharia de Sistemas Eletrônicos por essa conquista. Sabemos que, mesmo com Ações Afirmativas na graduação, a Universidade ainda é extremamente excludente para estudantes negras, negros e indígenas, em particular na pós-graduação, seja pelo silenciamento de autores e perspectivas, pelo assédio e perseguição de caráter racista, pela falta de bolsas e políticas de permanência. Não é à toa que temos um número extremamente reduzido de docentes negras, negros e indígenas na UFSC. As Ações Afirmativas no ingresso dos nossos cursos são uma das formas de enfrentar o racismo institucional e estrutural.

Avançar nas políticas de Ações Afirmativas!
Pintar a Universidade de povo!

A APG defende a homologação já para a Terra Indígena Morro dos Cavalos!

27/12/2017 14:00

Durante novembro e dezembro, a APG esteve construindo a rede de apoio aos guarani do Morro dos Cavalos (Palhoça), junto a outros movimentos sociais, sindicatos, pesquisadores e organizações políticas da nossa região. Estamos em um momento de solidariedade urgente, pela tensão dos ataques sofridos pelos guarani e pelo final do processo de demarcação da terra, que exige de nós uma forte campanha em defesa da homologação já.

A rede de apoio tem trabalhado junto às lideranças guarani no apoio jurídico, financeiro, organizando ações de divulgação, comunicação, conseguindo recursos e também na segurança. Nós, da APG, também convocamos reuniões de solidariedade aqui na UFSC, onde estiveram presentes mais de 30 estudantes e servidores, conseguindo o apoio de sindicatos da UFSC, de Centros Acadêmicos, montando pontos de doações de alimentos e divulgando a luta no Conselho Universitário e pelo campus. Seguiremos juntas e juntos à luta histórica guarani na região, até a vitória.

O Morro dos Cavalos é Terra Guarani!

Homologação já!